O processo de aplicação é simples e versátil para os seus consumidores e para você, em suma, é uma lista que fica suspensa na home do Canal da Peça e em todos os produtos que aderem esse quesito, tudo isso para saber quais veículos são aplicáveis para certo tipo de produto, ou seja, qual peça funciona em qual carro. Para você entender melhor, acesse aqui e tenha todas as informações necessárias para você realizar a aplicação em seus produtos.

Bom, você já inseriu todos os seus produtos pela planilha SKU e está com suas peças no Canal da Peça? Então, você pode realizar da mesma maneira a planilha aplicação e então ter seus produtos cadastrados com essa função no site do Canal da Peça. Como isso acontece? Veja a ilustração abaixo:

exemplo

Repare que isso acontece, pois, o fabricante envia as informações de seus produtos pela planilha aplicação e nossa equipe de dados recebe esse arquivo, analisa e trata as informações necessárias para que seus produtos estejam ativos e inseridos de maneira correta no site do Canal da Peça.

  1. Como solicitar a planilha aplicação

Esse pedido é realizado da mesma maneira que foi feito com a planilha SKU, primeiro é necessário entrar em contato com a equipe do Canal da Peça, você pode enviar um e-mail para fabricantes@canaldapeca.com.br ou ligar para o telefone: (11) 3149-5503. Depois que você solicitar essa planilha, você receberá algo parecido como a imagem abaixo:

planilha-aplicacao-exemplo

  1. Como preencher a planilha aplicação

Antes do preenchimento da planilha aplicação, você deve ter em mãos alguns dados específicos de seus produtos, como: Código da peça do fabricante, montadora, modelo do veículo que é compatível, anos aplicáveis e versão e motorização do veículo aplicável.

Vamos voltar para a planilha para você entender melhor:

planilha-aplicacao-exemplo

Essa é a planilha básica que você receberá para completar com suas informações. Nas colunas é perceptível a presença das informações que solicitamos para que você tenha em mãos. Repare que os itens que estão em vermelho são obrigatórios e peças que não contiverem essas informações não subiram para o site.

primeiros-exemplos

Agora vamos ver uma planilha preenchida da maneira correta para que a ilustração fique mais fácil. Vamos separar e explicar coluna por coluna para que não gere dúvidas.

1ª coluna: Aqui você deve inserir o código da peça do fabricante completo, ou seja, aquele mesmo código que foi preenchido naplanilha SKU e está visível em seus produtos. Você inserir todos os caracteres, não esqueça nenhum e nem altere para que não tenha nenhum problema posterior.

2ª coluna: Essa coluna é bem simples de se preencher, basta você colocar a marca do veículo que a sua peça é aplicável, por exemplo, Ford, Volkswagen, Renault, etc.… lembrando que se é aplicável a mais de uma marca, você deve preencher outra linha com o mesmo código e mudar a marca ou continuar com a anterior e mudar outros quesitos posteriores.

3ª coluna: A terceira coluna deve ser preenchida com o modelo do carro que a peça é aplicável, por exemplo, Corsa, Onix, HB20, entre outros.

4ª coluna: Agora é necessário que você coloque o ano de fabricação do veículo que a peça é compatível, é permitido que você abrevie o ano e você deve colocar o intervalo inteiro para que suba com todos os anos que ele é aplicável, por exemplo, de “94-02” agora todos os modelos de 1994 até 2002 estarão na aplicação de seu produto. Caso o veículo ainda esteja em produção, você pode colocar o primeiro ano e depois asterisco (exemplo: 12-*), o mesmo serve caso o ano pegue a primeira versão do veículo até alguma data (exemplo: *-89)

5ª coluna: Por fim, a quinta coluna não é obrigatória, porém é mais uma informação específica que seus consumidores terão para realizar a compra de seus produtos. Entenda que o não preenchimento dessa coluna acarreta na aplicação de todas as versões que o veículo possuí, ou seja, irá aparecer uma mensagem falando sobre isso para você deixar em branco ou não. Complete essa coluna com os detalhes necessários e bem especificados, principalmente a motorização.

  1. Dicas de preenchimento

Agora vamos dar algumas dicas que você possa compreender e utilizar no momento de completar sua planilha.

exemplo-de-desagrupamento

Veja o exemplo de como se deve preencher vários modelos de veículos, nesse caso, o sistema não consegue ler esse tipo de barra e seu produto acaba subindo com a aplicação errada. Por isso, nós recomendamos que você repita seu produto e faça um por um, desmembre essa primeira linha para as subsequentes para que não haja falha.

mostrando-o-agrupamento-1

Essa é outra dica que podemos dar para vocês. Depois que você seccionou todos os itens de sua peça e ela está com diversas linhas repetidas, mas a única coisa que altera é a versão e motorização? Então, você deve colocar essa barra vertical entre as versões, assim nosso sistema irá agrupar e reconhecer as informações.

exemplo-fusca

Esse é um caso específico que pode ocorrer no sistema do Canal da Peça. É possível que você preencha tudo certinho e deixe “*-*” na coluna do ano, indicando que serve para todos os anos desta versão de fusca. Porém, nós temos duas formas diferentes de fusca, aquele mais tradicional e o novo, que é o que possui a versão indicada na planilha, mas caso você coloque dessa maneira, o sistema irá englobar todas as versões do fusca. Então, para você fazer da maneira correta é colocar o ano exato do modelo do veículo que está aplicável a peça.

Salve a planilha e nos envie de volta! Seus produtos agora estarão com aplicação de uma maneira mais versátil, pois com essa planilha é possível que você mande diversas peças com suas características, e não é necessário que você mude um por um.

Ficou com alguma dúvida ou tem alguma sugestão? Escreva para o Canal da Peça nos comentários. E para receber mais dicas de como usar a plataforma, continue acompanhando o Blog do CDP Web Services.

 

Comments

comments